Remédio Genérico x Original: Qual a diferença entre eles?

Uma dúvida bem recorrente entre as pessoas é: quais são as diferenças entre o medicamento genérico e o original? O medicamento genérico é confiável? Tomar remédio genérico faz o mesmo efeito que o original? O que são remédios genéricos? 

Abaixo responderemos todas essas perguntas para você.

Remédio genérico faz o mesmo efeito que o original?

remédio genérico 3 - Remédio Genérico x Original: Qual a diferença entre eles?

Todos nós precisamos ir ás farmácias comprar algum remédio em algum momento da vida. É normal. Quem não toma remédio para a gripe, para dores musculares, suplementos vitamínicos ou bronquite, por exemplo? Desde os mais simples, destinados a problemas mais simples aos mais caros, para problemas mais específicos.

Nessa ida, muitos se veem diante de uma situação muito corriqueira: o remédio receitado pelo médico têm original e genérico. Face a essa situação, grande parte dos consumidores não sabe o que escolher, e acaba por escolher o de marca.

Isso se deve ao medo de escolher um medicamento genérico ou similar que, na cabeça das pessoa,s pode não funcionar. Ou ainda que, por não ser original, pode não funcionar tão bem como o primeiro. Este é um pensamento incorreto, visto que os dois são aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Dessa forma, os similares ou genéricos podem ser adquiridos, sem medo de comprar um produto que possa ser menos eficaz. Assim sendo, qual é a diferença entre o remédio genérico e o de marca?

O que é medicamento genérico?

remédio genérico 4 - Remédio Genérico x Original: Qual a diferença entre eles?

Você deve estar se perguntando: o que é remédio genérico e por que ele foi desenvolvido? Ora, o remédio genérico tem o mesmo princípio ativo, com dose idêntica e forma do que o medicamento de marca.

As farmacêuticas investem muito dinheiro para encontrar medicamentos para problemas de saúde diversos. Desse modo, há uma “patente”, que é a propriedade intelectual sobre o medicamento. Entretanto, essa exclusividade de propriedade termina em um prazo de 20 anos, que é quando outras farmacêuticas podem começar a comercializar aquele remédio, em forma de medicamento genérico.

Todos os remédios, seja similar (remédio que tem uma marca) ou genérico têm que ser aprovados pelos testes de qualidade da ANVISA. Dentre estes testes, estão:

  • Teste de equivalência farmacêutica, que é um teste que verifica se dosagem, forma farmacêutica e o fármaco são os mesmos.
  • O Teste de bioequivalência atesta que os dois ou mais produtos testados possuem a mesma eficácia e segurança.
  • Teste de biodisponibilidade visa comprovar a quantidade e a velocidade em que o remédio será absorvido pelo organismo.

Somente após esses testes o é que podem ir para o mercado farmacêutico, onde serão distribuídos para as farmácias.

Remédio genérico é confiável?

Vale ressaltar que os remédios não tem o mesmo efeito em todos. Por conta das diferenças em nossos organismos, algumas vezes certos remédios que para uns funcionam melhor, para outros não.

Somente o médico pode escolher o remédio que será ministrado ao paciente. Exceto no Sistema Único de Saúde (SUS), onde é obrigatória a prescrição médica de medicamentos genéricos ao paciente.

Em casos de maiores dúvidas, é possível contatar a ANVISA para maiores informações. É possível entrar em contato pelo 0800 642 9782, presencialmente ou pela ouvidoria, no site da ANVISA.

Diferenças entre remédio de marca x remédio genérico

REMÉDIO GENÉRICO - Remédio Genérico x Original: Qual a diferença entre eles?

Preço: remédio genérico

Muitas pessoas não possuem condições financeiras para comprar produtos farmacêuticos mais caros. As vezes, remédios que devem ser tomados diariamente custam altos valores, o que acaba por resultar num alto gasto mensal.

Por conta disso, muitas pessoas acabam endividando-se para que possam comprar os remédios necessários para manter a saúde. Dessa forma, o uso de remédios genéricos pode causar menos impacto nos gastos mensais do consumidor. Ou seja, por não ter um nome de marca, o remédio genérico é bem mais barata.

Muitos remédios podem ser encontrados nas suas formas em quaisquer lojas farmacêuticas ou drogarias. Dessas três formas, a genérica é, quase sempre, a mais barata.

remédio genérico 6 - Remédio Genérico x Original: Qual a diferença entre eles?

Por que remédio genérico é mais barato?

Os remédios genéricos costumam ser muito mais baratos pois sua produção não envolve pesquisas ou propagandas. Ou seja: os custos para sua produção são muitos menores do que os de marca. Isso acarreta num preço muito menor que é repassado ao consumidor.

 

2 comentários em “Remédio Genérico x Original: Qual a diferença entre eles?

  • 10 de julho de 2018 em 13:53
    Permalink

    Vocês falam que o preço do generico é menor porque não envolve pesquisa ou propagandas
    mas me parece que o principal motivo é a isenção de impostos quem esta certo vcs ou o governo

    Resposta
  • 20 de setembro de 2018 em 00:05
    Permalink

    Eu tenho citações de amigos que o remédio GENÉRICO na verdade não é completo como o original e atua de forma mais branda e demorada. Por exemplo: A Losartana Potássica Genérica, receitada pela minha médica, não fez o efeito necessário para mim. Seu preço é muito barato mas o resultado é sofrível. Eu tenho uma curiosidade: Como ficam os laboratórios que criam a medicação diante da intervenção avassaladora dos genéricos? Eu não consigo aceitar que coisas muito baratas são realmente boas.

    Resposta

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: