O que é DST? Como prevenir? Veja mais informações aqui.

5 (100%) 1 vote

A conquistada pela liberdade sexual, acarretou a sociedade, a propagação das doenças sexualmente transmissíveis. Essas, que na antiguidade eram chamadas de doenças venéreas, estabelecendo reverência a Deusa do amor, Vênus, foi se disseminando e hoje é uma das causas de graves problemas de saúde. Mas, o que é DST?

Na idade média, as doenças sexualmente transmissíveis eram consideradas incuráveis. Foi somente no século XX, que a indústria farmacêutica, apontou antibióticos que se mostraram eficientes para o combate das DST.

Apesar de ter se tornado um caso de saúde pública e as diversas instituições, ligadas aos cuidados com a saúde, terem fortalecido as campanhas para minimizar o número de casos, infelizmente ainda é necessária conscientização humana para exterminar as DST. Mas, afinal, o que é DST?

 

Conhecendo as DST’s

O que é DST?

 As doenças sexualmente transmissíveis, as DST, são difundidas através do contato sexual, sem proteção. Seus agentes patogênicos englobam os vírus, as bactérias e os fungos.

Os dados do Ministério da saúde, confirmam que a cada dia aumenta o número de pessoas que contraem as DST, através do abuso do ato sexual desprotegido.

A Sociedade Brasileira das Doenças Sexualmente Transmissíveis faz um alerta a população que, independentemente da idade, praticar sexo sem proteção está viabilizando a entrada das DST no organismo e se multiplicando na sociedade.

A intensificação das campanhas, para a prevenção das DST, tem aumentado muito nos últimos tempos. Infelizmente, ainda é grande o número de pessoas que não levam a sério o assunto, e acabam por não levar em consideração o trabalho dos profissionais, desta forma promovem o aumento dos gastos governamentais com as DST.

Quais são as DST?

 Apesar da falta de comprometimento dos seres humanos, no combate as DST, os estudiosos, da área cientifica, advertem que se não tratadas essas doenças sexualmente transmissíveis, podem levar a gravíssimos problemas, inclusive ao óbito. Mas quais são as principais DST?

Sífilis

Causada por uma bactéria chamada de Treponema pallidum, caracteriza-se por feridas na região genital. Seu tratamento é realizado através de antibióticos.

Clamídia

Causada pela bactéria Clamídia Trachomatis, seu principal sintoma é dor ao urinar, corrimento amarelado ou sangramento durante o ato sexual. Seu tratamento é realizado através do uso do antibiótico adequado.

Gonorreia

Causada pela bactéria Neisseria gonorrhoeae, seus sintomas compreendem a uma secreção com pus, coceira na uretra e ardência a urinar. Se tratamento é através do uso de antibióticos.

Herpes

Causada pelo Herpes, vírus humano, seus sintomas são formigamento, ardor e vermelhidão no local e formação de pequenas bolhas doloridas. Não há cura para herpes, sendo que o tratamento previne as erupções.

Tricomona

Causada pelo protozoário do gênero Trichomonas Donne, atingi o aparelho digestivo e genital causando grandes inflamações no canal da uretra (no homem) e na vagina (mulher).

Aids

A conhecida Síndrome da Imunodeficiência humana (HIV), é transmitida por uns retrovírus que enfraquece o sistema de defesa do organismo. Sem cura, ela é controlada através de medicamentos.

HPV

O papiloma vírus humano, possui mais de duzentas variações, manifestando-se através de formações de verrugas. Seu tratamento, pode ter sucesso se detectado, o vírus, no estágio inicial, podendo apresentar grandes complicações se não tratado. O ministério da saúde distribui a vacina para a prevenção do HPV e solicita exames anuais para todas as mulheres e homens.

Hepatite B ou C

Compreende a uma inflamação do vírus A, B e C, é transmitida através da via sexual e também pela transfusão de sangue. A vacina contra a hepatite B é disponibilizada gratuitamente pelos públicos de saúde. Ainda não foi produzida a vacina para a hepatite C.

Mas quais as formas de prevenção para as DST?

Prevenir as doenças sexualmente transmissíveis é essencial para controlar sua multiplicação. Para isso é necessário o uso do preservativo, durante o ato sexual; as vacinas também são formas de prevenção, que podem ser utilizadas por toda a população, nas redes públicas de saúde.

Agora que você já sabe o que é a DST e sua forma de prevenção, cuide da sua saúde e da saúde do próximo. Use preservativo nas relações sexuais, e não dê espaço para os vírus, bactérias e fungos se aproximar de você.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: