O que é Bullying? Quais tipos existem? Como combater esse mal?

Rate this post

O Bullying é considerado um dos males do século e pode ser realmente destrutivo. Mas o que é bullying e como esse mal pode ser combatido?

O que é Bullying? Existe só uma forma?

bullying

O Bullying se manifesta por atos de violência, não apenas física, como psicológicas, cometidos por qualquer agressor a qualquer tipo de vitima de forma repetitiva, feita por uma ou mais pessoas. São atos de torturas intencional ou não que atinge pessoa de qualquer idade e canto do mundo.

Existe dezenas de casos que bullying levou à morte, e mais cruel ainda: suicídio. Não é de hoje, alguns atos de bullying são fáceis de perceber, já outros, a vítima esconde por medo ou insegurança.

Alguns tipos de bullying:

  • Cyberbullying: Ocorre via internet, redes sociais ou aplicativos de mensagens.
  • Verbal: São insultos em base das palavras, considerado como agressão em base de xingamentos e afins.
  • Moral: Relaciona-se com bullying verbal, são difamação e calunias contra alguém, normalmente inventada.
  • Físico: Envolve algo corpo a corpo, seja empurrões, chutes ou tapas, vindo do agressor para alguém incapaz de revidar.
  • Psicológico: Também relacionado ao verbal, envolve algo mais complexo, como manipular, chantagear, perseguir, entre outros.
  • Sexual: E atos físicos, como abusos e assédios sexuais.

Normalmente quem é a vitima se torna difícil lidar com a situação, por muitas vezes, as pessoas observam e não fazem absolutamente nada, mas, por que, afinal? O correto seria denunciar e avisar alguém mais responsável?

É  bom ressaltar que o problema não ocorre apenas em ambiente escolar. O ato  pode ocorrer em qualquer situação ou lugar, porém, o mais comum é em instituições de educação.

Mas nem tudo é Bullying….

É normal que atos agressivos ou discussão possam ser chamados de bullying, mas na verdade não são. Bullying é feito entre pares, normalmente quem sofre é alguém frágil, menor ou mais novo – em casos mais comuns -, alguém que não pode se defender ou possui alguma insegurança em revelar que sofre disso. Saiba que todo bullying é um tipo de agressão, mas nem toda agressão necessariamente se classifica como bullying.

Quem pode praticar esse tipo de ato? Todo mundo…

 

Atualmente não existe restrição de tipo de agressor ou vitima, meninas praticam o ato contra meninos, ou meninos contra meninas, o problema sempre existiu e infelizmente, só vem mudando de forma durante o tempo. E

o que leva o autor a pratica-lo? Normalmente quem faz isso se sente no poder, usa xingamentos consequente de agressões no intuito de expressar sua raiva na vitima, tendo ou não motivos evidentes. Raramente tem casos de que a vitima revida com outra agressão, ela costuma deixar o ato dar continuidade até gerar consequências piores. Mas a vítima não deveria agir assim.

Consequências do Bullying

Não só a autoestima fica abalada, mas a mente e o convívio alheio se torna ainda mais complicado para a vitima. Há casos de crianças que param de estudar e de frequentar a escola, ou sair socialmente.

E as vitimas normalmente possui uma probabilidade maior de desencadear doenças psíquicas, como depressão, pensamentos suicidas e outros transtornos. Nem todos que sofrem na infância ou na adolescência terão essa dificuldade mais tarde, porém, boa parte da população acaba resultando essas sequelas futuramente.

 Como combater o Bullying?

  • Procurar ganhar confiança da vitima, assim poderá saber o que está ocorrendo com a mesma;
  • Pessoas que sofrem com esse mal, normalmente se tornam excluídas. Assim, conversar sobre o tema com a mesma ou em grupo, pode ajuda-la a desabafar sobre algum acontecimento;
  • Divulgar o bullying, incentivar as pessoas ajudar a quem sofre disso.
  • Denunciar se ver algum acontecimento;
  • Buscar incentivar a vitima e revelar os agressores, e não manter silencio perante as agressões;
  • Tentar ao máximo falar disso em todos os ambientes e com todas as pessoas possíveis, transmitindo como deve acabar com isso e ajudar a quem sofre.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: