Problemas de pele no verão: saiba quais são e quando se preocupar

Rate this post

Quais problemas de pele no verão nós podemos ter? São vários. Aproveite o final do inverno e comece já a se prevenir!

Problemas de pele no verão: acne

Quando o suor se mistura com bactérias e óleos existentes na pele, isso pode entupir seus poros. Os dermatologistas recomendam o seguinte para ajudar a prevenir a acne:

  • Limpar o suor da sua pele com uma toalha ou um pano limpo. O suor pode irritar sua pele, o que pode levar à acne.
  • Lave roupas suadas, bonés, toalhas e chapéus antes de usá-los novamente.
  • Use produtos não comedogênicos (livres de óleo) no rosto, no pescoço, nas costas e no peito. O rótulo também pode dizer “livre de óleo” ou “não vai obstruir os poros”.

Problemas de pele no verão: pele seca e irritada

Mesmo quando o clima está quente e úmido, você ainda pode ter uma pele seca e irritada. Os maiores culpados são o sol, a piscina e o ar-condicionado.

Se a sua pele começar a sentir-se seca e irritada apesar da umidade, experimente estas dicas:

  • Use chuveiro e sabonete imediatamente depois de sair da piscina.
  • Aplique protetor solar antes de sair ao ar livre, usando um que ofereça proteção de amplo espectro, SPF 30+ e resistência à água.
  • Use um sabonete suave para lavar a pele. Sabões e lavagens corporais rotulados como “antibacterianos” ou “desodorantes” podem secar a pele.
  • Tome banhos em água fria e morna.
  • Use um hidratante sem fragrância após cada banho. O hidratante funciona através da captura de água na sua pele, então você precisará aplicá-lo dentro de 5 minutos de tomar banho ou banho.
  • Leve hidratante com você, para que você possa aplicá-lo depois de lavar as mãos e quando sua pele se mostrar seca.

Problemas de pele no verão: foliculite

Todos os pelos do seu corpo crescem a partir de uma abertura chamada folículo. Quando os folículos ficam infectados, você desenvolve foliculite. Os folículos pilosos infectados parecem espinhas, mas tendem a ser menos doloridos e inchados.

Para reduzir o risco de obter foliculite neste verão:

  • Imediatamente após o exercício, troque a roupa de treino apertada.
  • Evite banheiras de hidromassagem se você não tem certeza se os níveis de ácido e cloro são adequadamente controlados. Muitas pessoas ficam com foliculite por causa de banheira de hidromassagem.
  • Use roupas soltas quando estiver em local quente e úmido.

Problemas de pele no verão: erupção cutânea

As glândulas sudoríparas bloqueadas causam isso. O suor não pode sair, logo, ele se acumula sob sua pele, causando uma erupção cutânea e pequenos choquinhos com coceira. Isso dá a sensação de existirem espinhos na pele.

As dicas que os dermatologistas oferecem aos seus pacientes para ajudá-los a suar menos e assim diminuir o risco de ter erupções cutâneas são:

  • Use roupas soltas feitas de algodão.
  • Faça exercícios ao ar livre ou fique em local com ar condicionado.
  • Tente manter sua pele fresca usando chuveiros e ar-condicionado sempre que possível.

Problemas de pele no verão: alergia

 

Você pode desenvolver urticária (uma reação alérgica na pele) quando está no sol, se você:

  • tomar certas medicações;
  • tiver sensibilidade ao sol (geralmente é genético)

Para evitar uma reação alérgica à pele:

  • Verifique a bula do seu medicamento (ou pergunte ao seu farmacêutico ou médico) para descobrir se pode ter uma reação alérgica quando você sai ao sol. Os medicamentos que podem causar uma reação solar alérgica incluem cetoprofeno (encontrado em alguns medicamentos contra a dor) e antibióticos – tetraciclina, doxiciclina e minociclina. Se o remédio puder causar uma reação, fique fora do sol!

Problemas de pele no verão: queimaduras solares

Ficar com queimaduras solares pode prejudicar a diversão no verão e aumentar o risco de desenvolver câncer de pele. Veja o que você pode fazer para evitar a pele queimada pelo sol:

  • Procure sombra.
  • Use  chapéu, óculos de sol, mangas compridas e calças quando possível.
  • Inclua protetor solar que oferece proteção de amplo espectro, SPF 30+ e resistência à água.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: