Como tratar dores na coluna sem medicamentos!

Rate this post

Como tratar dores na coluna sem medicamentos? Acompanhe o artigo para saber mais.

Dores na coluna: um problema doloroso

dores na coluna

Dores na coluna podem ser debilitantes. No entanto, pesquisas recentes demonstraram que a mente – juntamente com outros remédios não-farmacológicos – pode ser um medicamento poderoso para aliviar muitos tipos de dores crônicas ou recorrentes, especialmente dor na coluna.

A dor aguda é um “chamado da natureza” de que algo está errado que deve ser observado. A dor crônica, no entanto, não é mais um sinal de alerta útil, mas isso pode levar a um sofrimento perpétuo se as pessoas continuem com medo dele!

Se a dor não é uma indicação de que algo está seriamente errado, você pode aprender a viver com isso. Pessoas com dor ficam presas em um círculo vicioso de inatividade que resulta em força muscular perdida e outros problemas de dor!

Dores na coluna: medicamentos podem piorar!

Medicamentos em problemas de dor crônica só pode aumentar o problema. Isso porque muitas vezes são necessárias doses cada vez maiores para manter a dor longe. Sabendo disso, um grupo crescente de especialistas está explorando tratamentos não invasivos, alguns dos quais se revelaram altamente efetivos no alívio da dor crônica na coluna.

Dores na coluna: alternativas de tratamento

Observando que a maioria dos pacientes com dor nas costas melhora com o tempo “independentemente do tratamento”, os especialistas recomendam remédios alternativos, como:

  • calor superficial,
  • massagem,
  • acupuntura
  • ou, em alguns casos, manipulação espinhal (quiropraxia ou osteopática).

Para aqueles com dor nas costas crônica, as sugestões incluem:

  • exercícios físicos,
  • reabilitação,
  • acupuntura,
  • tai chi,
  • ioga,
  • relaxamento progressivo,
  • terapia comportamental cognitiva e
  • redução do estresse baseado na mentalidade.

Com base em evidências de ensaios clínicos bem feitos, especialistas dizem que alguns atos podem ajudar alguns pacientes a gerenciar suas dolorosas condições de saúde: acupuntura e ioga para dor nas costas; acupuntura e tai-chi para osteoartrite do joelho; massagem terapêutica para dor no pescoço com doses adequadas e benefício a curto prazo; e técnicas de relaxamento para dores de cabeça severas e enxaqueca.

A evidência mais fraca também sugeriu que a massagem terapêutica e a manipulação espinal e osteopática podem ser benéficas para pacientes com dores na coluna. Técnicas de relaxamento e tai chi podem ajudar os pacientes com fibromialgia a encontrar alívio.

Dores na coluna: terapia comportamental cognitiva

Esse tipo de terapia ensina as pessoas a reestruturar a forma como pensam sobre os problemas.  Um estudo demonstrou que a terapia cognitivo-comportamental e a redução do estresse baseadas na mentalidade foram excelentes quanto à redução da disfunção e da gravidade da dor.

Além disso, uma análise de custo mostrou que a técnica de atenção plena – basicamente, uma forma de meditação que ajuda os pacientes a entrar em contato com seus corpos e suas vidas, é mais barata.

A técnica de atenção plena, essencialmente uma forma desmitificada de meditação budista, é ensinada e praticada em oito sessões semanais de duas horas e combinada com ioga suave.

Os pacientes aprendem a relaxar, se tornam “não reativos” à dor. Isso permite que eles sejam o foco de suas vidas (e não a dor).

Ainda, as pessoas que residem em áreas não urbanas podem ter dificuldade de encontrar um terapeuta nas proximidades treinado em terapia comportamental cognitiva ou redução de estresse baseada em atenção ou mesmo um terapeuta de massagem especialista. No entanto, há uma outra opção muitas vezes ignorada que pode ser mais fácil de encontrar e geralmente é coberto por plano de saúde: a fisioterapia.

Uma boa fisioterapia muitas vezes pode acelerar a recuperação e, ao mesmo tempo, ensinar as pessoas a evitar condições – incluindo inatividade – que podem precipitar ou aumentar suas dores de coluna.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: