Benefícios do Pequi para a Saúde! Veja receita de suco de pequi!

Rate this post

Saiba sobre os benefícios do pequi. Você já ouviu falar – ou comeu – Pequi? Essa é uma fruta muito saborosa, abundante no Brasil e que tem diversos benefícios à saúde!

Benefícios do pequi: O que é pequi?

benefícios do pequi

O pequi é uma fruta vinda do Centro-Oeste e Norte do Brasil. No entanto, é uma das frutas menos conhecidas do mundo. É também popular Paraguai pelo seu forte sabor.

Há, inclusive, uma festa só do Pequi, na cidade de Pequizeiro. No evento, celebra-se a colheita desta fruta a cada ano.

Apesar disso, o pequi exige alguns cuidados para ser comido. Não porque é tóxico ou venenoso, mas porque é difícil de comer.

Se não for comido corretamente, pode causar danos às gengivas e à boca. A natureza ofereceu proteção natural semente de pequi em forma de espinhos o que estão embutidos na fruta.

Aliás, a palavra “pequi” é originária da língua tupi-guarani, que significa “fruta de pele espessa”. A árvore pode crescer até 10 metros.

Benefícios do pequi: Usos culinários do pequi

O pequi encontra um lugar especial na gastronomia de Goiás e de outras partes do Brasil. Esta fruta é frequentemente cozida juntamente com arroz, macarrão, macarrão com frango, carne, feijão ou peixe. Os doces saborizados de pequi – e até sorvete! – também são comuns na região.

As nozes do pequi são salgadas e assadas, semelhantes ao amendoim.

Benefícios do pequi: Outros usos do pequi

O óleo de opequi é tradicionalmente usado na fabricação de sabão artesanal na região do Tocantins. Também pode ser usado como biodiesel. Mas não acaba por aí: é possível fazer tingimento com extrato tirado da casca de pequi.

Diante de seus vários usos, o pequi é chamado de “ouro do Cerrado”.

Benefícios do pequi: propriedades nutricionais

A fruta pequi é rica em vitamina A, carotenoides, vitamina C e proteína.

Oferece boa fonte de ácidos graxos monoinsaturados e poliinsaturados de cadeia longa, que são bons para a saúde.

A fruta também oferece corpo com minerais como zinco, cálcio, ferro e manganês.

O sabor e aroma peculiar da fruta é devido à presença de éster etílico – hexonato de etilo.

O óleo de pequi obtido a partir da noz, oferece ácido oleico insaturado (54%), ácido linoleico (17%) e ácido palmítico saturado (27%) e ácido esteárico (2%).

O óleo de pequi também possui alto nível de caroteno – cerca de 274,9 μg / g, níveis alto de fenóis e outros fitoquímicos, incluindo ácido gálico, ácido quínico e quercetina.

Benefícios do pequi para a saúde

O pequi é tradicionalmente usado por tribos brasileiras há muito tempo para vários fins medicinais.

Hoje, a indústria cosmética e farmacêutica está em busca de alimentos naturais que oferecem propriedades antimicrobianas. O pequi é um desses alimentos que oferece resistência a vários micróbios. Estudos relataram que o extrato de álcool de Pequi possui propriedades antifúngicas e antibacterianas.

O óleo de pequi é aplicado na pele para curar feridas. Também, o pequi é conhecido para tratamento de distúrbios respiratórios, como asma, bronquite ou tosse. Aliás, o óleo de pequi misturado com mel serve como expectorante caseiro.

O pequi contém ácido oleico de ácido gordo monoinsaturado que também é encontrado no azeite e é considerado bom para o coração. Ele ajuda a reduzir os níveis de colesterol no sangue.

Finalmente, o pequi contém ampla quantidade de vitamina A e outros carotenoides que são úteis para a sua visão. Ele oferece proteção e evita degeneração ocular e catarata.

Há, finalmente, diversos usos para o pequi, como hidratante de cabelos, anti-inflamatório, estimulante sexual, aromatizante, dentre outros.

Veja receita de suco de pequi:

Tirou suas dúvidas sobre o pequi? Não deixe de provar essa fruta brasileira que faz tão bem para a saúde! Você já comeu pequi? O que achou? Sabia de todos esses benefícios para a saúde? Comente e compartilhe no blog! Deixe sua opinião!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: